segunda-feira, dezembro 12, 2005

Coincidências

Já me tinha acontecido ter escrito sobre o W.G. Sebald uma semana antes do Rick Poynor. Agora, pelas minhas contas, levo quase dois meses de avanço sobre o Design Observer.

9 Comments:

Anonymous papai noéu said...

p.s.: o que eu mais gosto ainda é de se falar como se o design fosse o salvador do mundo e especialmente deste pais á "beira mar plantado", como se o mundo fosse acabar amanha porque não se dá importancia suficiente ao design, grande parte do design, pelo menos gráfico, feito hoje em dia tem um unico intuito e esse intuito é comercial e portanto não vejo que mal pode vir ao mundo ao ser feito mau design gráfico...mas haja paciencia

12:43 da tarde  
Blogger Ressabiator said...

Apaguei deste post um conjunto de comentários (meus e de outros utilizadores) que começavam a ser cada vez mais pessoais. Só para resumir (on the record): Fui acusado de presunção e de cobardia intelectual. Depois de reler com atenção o meu próprio disclaimer ("The Ressabiator não tem qualquer responsabilidade...",etc.) achei que os devia apagar, agindo de acordo com os princípios expostos.

Escrevi este pequeno post não porque me ache melhor ou igual ao DesignObserver (antes pelo contrário), mas para dar conta da coincidência.

Tenho a certeza que, se a ordem fosse inversa, e eu tivesse escrito o meu texto depois, seria bem depressa acusado de plágio, falta de originalidade ou de ser do Porto (como já aconteceu noutros posts).

Por último, já me perguntaram várias vezes porque é que ainda tenho comments no blogue – um amigo meu chegou a falar em auto-flagelação da minha parte. Devo confessar que já pensei várias vezes em eliminá-los, pura e simplesmente. Apesar de tudo mantenho-os.

Este post é presunçoso? Claro que sim. Vale a pena andar à porrada por causa dele? Espero bem que que não.

7:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Por mim continuo a vir e a apreciar o blog e o que nele é escrito…sem ressabiamento. Quanto aos comentários, espero que os mantenhas…

Ana

12:02 da tarde  
Blogger João da Concorrência said...

Esqueci-me do carregador e já só tenho 5 por cento de bateria. Tinha já uma posta preparada sobre o tipo de sensações que coisas deste género criam. Para resumir acho que quando isto acontece existe sempre uma mescla entre a revolta da autoria com o contentamento no reconhecimento (seja consciente ou coincidente).
Até breve.

7:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

continua o bom trabalho ressabiator

luis

2:06 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

talvez tenha sido um post "infeliz".
Ficava bem admitir.

2:10 da tarde  
Blogger terrahkeo said...

Venham mais destes e doutros.

Agora só faltava continuarmos só a mostrar as desgraças do mundo...

No país à beira mar plantado, fazer alguma coisa boa (ou bem) não vende jornais, nem abre telejornais...

Gosto do que escreves, posso concordar ou não, mas é para isso que os comentários servem.
Daí a atacar e agredir verbalmente... é uma amostra (neste caso) de inveja. Não fazem nada e ainda criticam quem faz...

Vá-se lá entender...

Boas escritas
Mário Preto Fonseca

1:39 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

estas questões de agressões verbais, alheio-me delas. ora porque são injustificadas ora porque são recebidas sem estofo psicológico.
mas um comentário, é um comentário e para isso que o autor do blog os mantém.
o último post era excusado num local onde se cultivam outras opiniões. é pretensioso. e se não era esse o objectivo, foi o que passou para o exterior.
era de bom tom, que tal fosse admitido, pelo autor e pelos que metodicamente aqui vêm fazer a sua apologia, seja quais forem as circunstâncias.
era correcto e uma prova de fibra que aqui vai faltando.
ora queixa-se aquele que não faz como aquele que fazendo, não gosta de opiniões contrárias

6:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A mim não me pareceu nada pretensioso.

luis

2:15 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home